jump to navigation

Reus: quem disse que um bom RTS precisa de gráficos AAA? 28/06/2013

Posted by Rafael Raposa in Uncategorized.
Tags: , , , , ,
add a comment

home-logo-3

Reus não é um RTS normal: não tem gráficos estonteantes, não tem muitas unidades, não tem muitos recursos. É um jogo simples, intuitivo, direto e com dificuldade exponencial conforme você tenta alcançar coisas mais complexas no jogo. Ousado não?

O seu mapa de atuação é um planeta inteiro para ser moldado pelos seus titãs.

O seu mapa de atuação é um planeta inteiro para ser moldado pelos seus titãs.

A temática de Reus é a seguinte: você controla 4 titãs que vão moldar o planeta a fim de que ele sustente vida humana até o final da era. Você tem 4 titãs:

reus

o titã da terra, que faz montanhas e coisas que geram dinheiro e conhecimento

2013-05-14_00003

o titã da água que cria água e coisas que geram primariamente comida

reus 2

o titã do pântano que cria pântanos e coisas que geram primariamente conhecimento

244400-r1

o titã dos bosques que cria bosques e coisa que geram comida primariamente

Recursos são criados e evoluídos pela colaboração dos poderes dos titãs.

Recursos são criados e evoluídos pela colaboração dos poderes dos titãs.

As “coisas” que os titãs geram são: minas, animais e plantas. Os titãs também tem a capacidade de melhorar “as coisas”, as fazendo gerar mais dinheiro, conhecimento ou comida. E com esses poucos elementos você vai criando condições ideais para que vilas surjam no planeta, proliferem e avancem tecnologicamente.

Assim você transforma um planeta estéril em um mundo cheio de vida.

Assim você transforma um planeta estéril em um mundo cheio de vida.

A mecânica do jogo tem mais uma coisinha super interessante: a cada avanço tecnológico as vilas geram emissários que você pode colocar nos seus titãs, assim deixando eles mais poderosos e possibilitando criar coisas mais valiosas!

Emissários são as pessoinhas cima dos titãs: como magos que aumentam seus poderes.

Emissários são as pessoinhas cima dos titãs: como magos que aumentam seus poderes.

Mas onde está a dificuldade você pergunta?

Um dos problemas é a guerra entre as cidades, que pode dificultar bastante em conseguir novos emissários.

Um dos problemas é a guerra entre as cidades, que pode dificultar bastante em conseguir novos emissários.

Bem, duas coisas, o jogo tem “desafios” a serem alcançados para liberar partidas mais extensas (te possibilitando abrir animais, plantas e minerais mais complexos) que são extremamente difíceis de serem alcançados E conforme uma cidade evolui em paz, ela fica ambiciosa e tenta matar seus titãs.

Outro é matarem seus titãs: a morte de qualquer um deles encerra a partida.

Outro é matarem seus titãs: a morte de qualquer um deles encerra a partida.

Sim, seus semi-deuses morrem e morrem muito facilmente. Eles tem, claro, algumas defesas: os gigantes do pântano e da terra tem ataques que matam parte dos caçadores que querem mata-los, o gigante do oceano pode curar os outros gigantes. Mas, a não ser que você subjugue uma cidade, ela vai continuar a gerar caçadores e, caso você não tome cuidado, você pode destruir a cidade ao subjuga-la e perder todo o progresso da mesma, tornando mais difícil conseguir emissários e completar os objetivos da partida.

Ah e tudo isso num visual cartoon, quer mais?

Pontos positivos:

  • Visual cartoon extremamente agradável;
  • Jogabilidade simples;
  • Mecânica do jogo exponencialmente profunda;
  • Jogo intuitivo;
  • Desafiante;

Pontos negativos:

  • O tutorial não mostra nem 1/10 do que você pode fazer, não sei se foi intencional…
  • A falta de uma “condição de vitória” pode afastar alguns jogadores;

Nota: 8/10

É um jogo simplesmente ótimo, todo bem acabado e garantindo horas e horas e mais horas de pura diversão viciante. O melhor de tudo é o preço: 17 reais no Steam ou 10 dólares na Desura. Recomendo MUITO este jogo pra quem já é fã de estratégia ou que está a fim de começar a conhecer o gênero com algo menos agressivo. Deixo também a ressalva: o jogo pode parecer ter pouco micro-managing, mas quanto mais você avança nele, mais complexo fica!