jump to navigation

Review Resident Evil: Revelations 30/07/2012

Posted by fofao1307 in Uncategorized.
Tags: , , , , ,
add a comment

Ou como diria nossa empresa favorita: Revelatons.É isso mesmo que vocês estão lendo galera, devido a um erro tipográfico grave as capas do jogo Resident Evil : Revelations foram imprimidas como Revelatons, a empresa já emitiu milhões de desculpas e prometeu capas novas pra quem tivesse comprado o jogo ( e mora nos EUA né).

Felizmente essa gafe não diz absolutamente nada sobre a qualidade do jogo, começo esse review com uma afirmação : gostei muito de Resident Evil: Revelations, é um jogo que traz de volta muitas caracteristicas da série que se perderam em RE5, utilizou de maneiras originais a tela de toque do 3DS e pasmem: possui poucos furos no roteiro da história ( não 100% né por que senão não seria RE)

A história se passa alguns anos antes de Resident Evil 5, na criação da organização BSAA fundada por Jill Valentine e Cris Redfield para combater armas biológicas. No começo do jogo Jill e seu novo parceiro Parker vão investigar um navio a procura de Cris que supostamente estava ali investigando o navio e deixou de se comunicar com sua base.

Ponto positivo número 1: 80% do jogo se passa no Navio. Se você leu algum dos meus textos anteriores você sabe o quanto um ambiente clastrofóbico influencia no sentimento de horror de um jogo. Um cruseiro à deriva no mediterrâneo é perfeito para isso pois é um lugar de tamanha razoavelmente grande e a sua opção de fuga é nadar até marrocos.

As melhores partes do jogo são quando Jill se separa de Parker e você explora o navio sozinho, realmente não sei pra que temos um parceiro nesse jogo. É impossivel jogar o jogo com um amigo( pelo menos a campanha principal) e a presença de um parceiro só serve para diminuir a sensação de tensão.

Os gráficos são estonteantes, a capcom esta de parabens por ter feito um jogo tão bonito no 3DS. Os detalhes das roupas dos personagens, os efeitos de som e de luz/sombra são incríveis e mostram o quanto a empresa esta confortavel para trabalhar com sua Engine MT Framework.

Do ponto de vista do gameplay continuamos com o mesmo estilo apresentado em RE4, desta vez porém, é possível transformar o third person shooter em um first person com a condição de que não se pode andar e atirar ao mesmo tempo. Infelizmente somente podem ser usadas 3 armas ao mesmo tempo e a nova função de scanear os zumbis somente servem para que novos itens de vida possam ser descobertos.

O destaque em questão de gameplay vai para os puzzles de hackear as portas, seja mechendo diretamente nos fusiveis  ou na força bruta, que utilizam a tela de toque e são extremamente originais e interessantes. Infelizmente alguns aspectos atrapalham na diversão do jogo, e devo dizer que a partir do meio do jogo fiquei um pouco decepcionado.

Em primeiro lugar, toda vez que entramos em um elevador a frame rate cai de maneira absurda por conta do loading do novo cenário, isso além de incomodar absurdos fica muito feio para um jogo de uma empresa profissional. Segundo, vendo os trailers de RE6 podemos perceber que teremos 3 histórias diferentes controladas por 3 personagens diferentes, essa fórmula foi experimentada em revelations.

Acredito que isso possa funcionar em RE6, mas ficou deslocada em Revelations pois 80% do jogo é controlado por um único personagem. O que parece que a Capcom quis fazer com Revelations foi testar o que poderia dar certo par RE6 e calar a boca das pessoas insatisfeitas com a falta de terror dos outros resident evils.

Da maneira que eu entendo esse jogo disse : “ Olha só podemos até fazer um jogo de horror para vocês, mas jamais deixaremos de colocar cenas de ação pois é isso que vende”

Pontos Positivos:

– Volta as origens de RE, ervas, zumbis mais tradicionais, sentimento de tensão

-História empolgante, chefes criativos

– Uso inteligente da tela de toque do 3DS

Pontos Negativos:

-Quedas de Frame Rate rídiculas

-Para que colocar um parceiro se não há Co-Op ? Para que passar o controle para outros personagens ?

-Limitações quanto ao número de Armas

Nota: 7,5

Devo jogar este jogo ? SIM, tanto para fãs antigos da série quanto para quem gosta da orientação mais action.

Anúncios