jump to navigation

FIFA Street – #vamosjogarbola 29/06/2012

Posted by Dudo in Uncategorized.
Tags: , , , , , , , ,
2 comments

Aproveitando a pífia  propaganda de um banco aí, que me sugou muito dinheiro, venho falar-lhes sobre a maior expectativa (até então) pra mim: FIFA Street.

Porque é bem coisa de rua mesmo.

Desenvolvido pela EA Sports, subdivisão esportiva da Eletronic Arts (o rly?), o jogo de futebol mais PLÁSTICO do mercado volta, em sua primeira versão pra PS3, tentando apagar a imagem negativa que seus predecessores geraram em nós, jogadores.

Agora desenvolvido pela equipe por trás de FIFA 12, atualmente unanimidade em termos de jogo de futebol para console, nosso joguinho de street football reboota a série, trazendo novidades em diversos aspectos do jogo e deixando-o muito mais próximo do crível do que os FIFA Street 1 e 2, para PS2, conseguiram fazer.

Podemos dizer, basicamente, que TUDO mudou, menos a premissa do game. Bom, em termos. Sejamos sinceros: quando vocês jogavam FIFA Street com os amigos, qual era a intenção? FAZER PONTOS. Ok, concordo. Aquele marcador GIGANTE no placar simplesmente ofuscava o objetivo do futebol como um todo: os gols. Não importava se você perdia de 3×0, 4×0, 5×0, o que importava é fazer 3 gamebreakers por partida e driblar MUITO.

Hoje, isso não existe mais em FIFA Street. Sim, os dribles continuam valendo pontos, mas eles não são mais o mais importante. O importante agora é aliar os dribles ao gol, a plástica à objetividade. É o famoso JOGA BONITO.

Abra sua chapelaria e comece a distribuir

E pro joga bonito fazer efeito, muita coisa tinha que melhorar. Engines agora renovadas (o jogo, em sua dinâmica, é muito próximo do FIFA 12), dribles ainda desconcertantes, mas que agora inspiram vericidade (nada mais de tomar uma “caneta” como chamamos em SP, e cair sentado, dar cambalhota pra trás). Agora, FIFA Street é futebol, e não circo.

E por falar de FIFA 12, a integração com o game de professional football é ótima. Você pode importar seu jogador do FIFA 12 e não perder tempo no Street, pode usar as ferramentas de criação de personagens/modelagem de faces 3D da EA (conhecido como Game Face). E como o “jeitão” do jogo é bem parecido entre os dois, você não estranha os jogadores, movimentação e comportamento dos mesmos. Os modos de jogo evoluiram, contando agora com muitos outros desafios, desde o clássico 5v5, que é o modo de jogo clássico, como muitos outros, como “Last Man Standing”, “6v6”e um dos meus favoritos, o “Panna Rules” (que basicamente é você marcar gols num golzinho pequeno depois de driblar com uma caneta ou um drible aéreo (air beat).

A sonoridade também é legal, trazendo, durante as partidas, o “som ambiente“. Galera comentando, torcendo, dando instrução pros jogadores.. te causa uma ambientação interessante e te leva pra dentro do jogo. E o licenciamento da EA continua lá, com uniformes oficiais de praticamente todos os times que aparecem, além de 2 kits “extras”, chamados de “street kit”, que é, sem tirar nem por, a outra roupa que o jogador usa se não o uniforme do time. E o modo online é basicamente humilhar no futebol gente que você nem conhece 🙂

World Tour, o principal (e mais legal) modo de jogo

Agora, os tópicos negativos

Gente: se FIFA 12 tem TANTO time, porque limitar TANTO as escolhas de equipe do jogador? As opções são poucas (em termos de times), se comparadas ao professional football game. Fica chato, porque você não pode fazer diversos clássicos mundiais, simplesmente porque o time não está lá.

E outra coisa: aprecio a tentativa de implementar o futsal. Foi uma idéia EXCELENTE, e que daria muito certo… se aquilo fosse futsal. É um toque de bola lento, pouca criatividade.. é apenas FIFA Street dentro de uma quadra de verdade. Faltou a velocidade e dinamicidade (e as substituições) que são essenciais no futsal.

Sad, but true…

AVALIAÇÃO FINAL:

FIFA Street (ou FIFA Street 4, ou FIFA Street 2012) ressuscitou a série. Uma dinâmica diferente, mais realista (proporcionada pela Impact Engine da EA Sports) e que deixa o jogo mais crível. E nada mais justo do que um jogo de futebol ter como foco, além dos dribles, o GOL né? Parece que lembraram disso.

NOTA FINAL: 7.8/10

De fato, é um ótimo jogo, pra quem gosta de futebol e do que ele pode proporcionar. Mas, quem gosta de futebol, sabe que algumas coisas ali PRECISAM ser melhoradas. O jogo tem muito potencial e foi um bom recomeço da série pras novas gerações. Agora é aguardar evoluções e torcer por um futsal de verdade!

Anúncios